Dia mundial da saúde
Avalie este post

O mês de abril merece destaque por nós, da Vivace, clínica de saúde do homem. No dia 7 celebra-se o Dia Mundial da Saúde e hoje, dia 8, o Dia Internacional de Combate ao Câncer, doença que faz em todo o mundo, por ano, cerca de 8 milhões de vítimas. Em 2014, a conscientização em torno da importância do exame de toque foi alvo de campanhas no mês de novembro, conhecido como Novembro Azul.

Em nossa clínica no centro do Rio de Janeiro, priorizamos a definição de saúde no seu sentido mais amplo. Ou seja, ter saúde não significa apenas a prevenção ou tratamento de doenças, mas um estado de completo bem estar, nos níveis físico, mental e social. Portanto, ter saúde é ter qualidade de vida.

No Brasil, a saúde deve ser garantida pelo Estado, conforme a Lei 8.080 de 1990, que determina os parâmetros para a formação dos serviços públicos de saúde. Entre as atribuições do SUS, estão ações de vigilância sanitária e epidemiológica, visando promover a saúde do trabalhador, a assistência terapêutica integral, incluindo a farmacêutica, entre outros objetivos.

A data foi estabelecida pela AMS, Assembleia Mundial de Saúde, em 1948, coincidindo com a fundação da OMS, Organização Mundial de Saúde. Na Vivace, a saúde masculina vem em primeiro lugar, por isso nossos médicos especializados em urologia no Rio de Janeiro, psicologia, oncologia, clínica médica, dermatologia, cirurgia plástica e psicologia têm como foco o completo bem estar do homem, em todos os seus aspectos.

Dia Mundial de Combate ao Câncer

O câncer, conhecido cientificamente como neoplasia, é uma doença causada tanto por predisposição genética como por fatores externos. Os que mais oferecem riscos são o tabagismo, consumo de álcool, sedentarismo e alimentação são os que mais influenciam, e são a causa de aproximadamente 90% dos casos de câncer no Brasil, segundo o INCA, Instituto Nacional do Câncer.

Entre os homens, o câncer de próstata é o que mais mata. Em 2012, mais de 60 mil homens em todo o país foram diagnosticados com a doença, por isso é fundamental a realização periódica do exame de toque retal. Para indivíduos acima de 45 anos, negros, obesos ou com histórico familiar de câncer, o exame deve ser feito regularmente.

Fatores genéticos aumentam em até 8 vezes as chances de desenvolver câncer de próstata, por isso, a atenção deve ser total, e deve incluir, além do exame de toque, o exame para detecção de PSA, proteína liberada na corrente sanguínea pela próstata, quando há câncer, ou algum tipo de inflamação ou infecção.

Câncer indolente também deve ser diagnosticado

Estima-se que cerca de 20% dos homens diagnosticados com câncer de próstata o desenvolvem na sua forma indolente, ou seja, que não são invasivos e não chegam a causar maiores danos. Isso aumenta a importância do diagnóstico precoce, a fim de evitar tratamentos desnecessários.

A Vivace conta com especialistas em saúde do homem, e em medicina oncológica, voltada à prevenção e tratamento do câncer em suas mais de 100 modalidades.

Vivace Saúde do Homem
Telefone: (21) 3199-0400

Sr. Diogo Rodrigues

Dr. Diogo Rodrigues
Oncologista
CRM 52799041

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

2014 © Copyright - Vivace.Todos os direitos Reservados