Homem sentado na cama com expressão desanimada enquanto mulher dorme | Anejaculação: o que é e como tratar
Avalie este post

Diferente da ejaculação precoce, a anejaculação trata-se da dificuldade ou ausência da ejaculação. Essa patologia não está ligada à incapacidade de sentir prazer e alcançar o clímax.

O homem que sofre com o problema consegue sentir prazer durante o ato sexual, mas tem dificuldade ou acaba não ejaculando. Apesar de não parecer, a patologia afeta milhares de pessoas no mundo inteiro, mas, quando diagnosticada rapidamente, é possível tratá-la adequadamente e reverter o problema.

Causas da anejaculação

Alguns especialistas acreditam que uma das principais causas dessa dificuldade para ejacular seja a diabetes. Entretanto, outros fatores podem contribuir para a patologia, como:

  • Lesão que afete a medula espinal (estrutura que começa no final do tronco cerebral e vai até o fim da coluna vertebral)
  • Lesão pélvica (extremidade dos ossos da coxa e articulações do quadril)
  • Infecções de modo geral
  • Alguns tipos de medicamentos, principalmente os antidepressivos ou de uso prolongado
  • Cirurgia pélvica, podendo ser de próstata ou bexiga
  • Remoção de linfonodos, que geralmente acontece no tratamento contra câncer testicular
  • Doenças que afetem todo o sistema nervoso.

Procure um urologista

É o urologista que poderá descobrir qual é a causa da anejaculação e diagnosticar o melhor tratamento. Em alguns casos, com apenas a mudança de medicação é possível reverter a patologia.

Por isso, é importante que o paciente não tenha vergonha de procurar um especialista e expor seu problema e dúvidas. Afinal, a falta de sêmen resulta em problemas de fertilidade.

É possível que o seu médico realize alguns exames para conseguir diagnosticá-lo. É importante que o paciente realize todos os exames como forma de diagnóstico e prevenção de problemas mais graves, como câncer.

É o urologista também que irá identificar qual é o tipo de anejaculação: de homens que nunca ejacularam o sêmen e de homens que perderam a capacidade de ejacular após um certo período.

Possíveis tratamentos

O tratamento dependerá exclusivamente da causa. Por isso, o urologista irá realizar uma série de exames e perguntas para entender a sua condição.

Se a patologia tiver surgido após a cirurgia de câncer de próstata, não existe nenhum tipo de tratamento. Isso acontece porque houve alterações irreversíveis no organismo do homem.

Se o diagnóstico for por conta de algum medicamento, o urologista irá indicar a suspensão do tratamento ou a substituição por outro remédio.

É possível também que o consumo exacerbado de drogas e álcool possa causar a dificuldade. Pessoas que sofrem de estresse e ansiedade são encaminhadas para um tratamento psicológico, quando o diagnóstico medicamentoso é nulo.

Conheça a Vivace Saúde do Homem

Lembre-se então que é possível, sim, evitar a anejaculação. Realize seus exames – inclusive o de próstata – periodicamente. Tenha em mente que é somente por meio desses exames e da visita ao urologista que você pode prevenir ou descobrir algum problema desde o início. Na Vivace, clínica de urologia no Rio de Janeiro , você encontra profissionais qualificados, prontos para tirar todas as suas dúvidas. Agende sua consulta.

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

2014 © Copyright - Vivace.Todos os direitos Reservados

Whatsapp