vivace-blog
Avalie este post

Em novembro celebra-se o mês mundial de combate ao Câncer de Próstata com o objetivo de motivar e alertar o público masculino a fazer exames preventivos, e orientar sobre como tratar da doença. O Novembro Azul dura um mês, mas a prevenção e os cuidados contra o Câncer de Próstata, que é o segundo que mais mata no Brasil, precisam continuar durante todo o ano.

Os números chamam a atenção à saúde do homem. Ano passado, um estudo do Ministério da Saúde estimava que aproximadamente 69 mil pessoas fossem diagnosticadas com o Câncer de Próstata em 2014, ficando atrás apenas do tumor não melanoma, que atinge tanto homens quando mulheres.

Por isso há uma preocupação para que os homens façam os exames preventivos no tempo certo e de forma regular, pelo menos uma vez ao ano. Os médicos alertam que a atenção deve ser constante, já que o diagnóstico precoce aumenta as chances de cura.

Os médicos lembram ainda que não é preciso esperar pelos sintomas para fazer os exames preventivos. Ao chegar a idade dos 45 anos, todo homem pode procurar uma unidade de saúde para fazer o exame, que é muito simples, e obrigatório a partir desta faixa etária.

Sintomas

Os sintomas podem ser confundidos com o de outros problemas de saúde. O tumor, normalmente, cresce muito lentamente e quase não causa desconforto. Por isso, deve-se ter cuidado e uma maior atenção às dores ósseas, principalmente na região das costas, isso pode ser o sinal de que a doença já evolui para um grau maior. Dores ao urinar e a sensação de que a bexiga não ficou totalmente vazia ou a presença de sangue na urina, pode ser sinal de que o Tumor já está em um estágio bem mais avançado.

Diagnóstico

A forma mais comum de se diagnosticar o câncer de Próstata é o exame físico conhecido como toque retal. Mas há o exame laboratorial que é por dosagem de PSA (Antígeno Específico da Próstata). Ao ser constatado o aumento da glândula é realizada uma biopsia para saber se é maligno ou benigno.

Tratamento

Para o tratamento vai ser levado em consideração, principalmente, a classificação do tumor e a idade do paciente, que pode ser tratado com protatectomia radical, que é a remoção da próstata. Pode ser feito radioterapia, hormonoterapia, além do uso de medicamentos. Quando o paciente é idoso há outras formas de tratamento envolvendo medicamento.

Recomendações Médicas

Homens com ou sem histórico familiar de Câncer de Próstata devem começar a fazer os exames a partir do 50 anos.

Descendente de negros ou com parente de primeiro grau, portador de Câncer de Próstata antes dos 65 anos, o risco é maior; o exame deve ser feito aos 50 anos.

Pessoas com portadoras de câncer de próstata na família diagnosticada antes dos 65 anos, tem maior risco, o acompanhamento deve ser a partir dos 40 anos.

Homens com nível de PSA de até 2,5ng/mL devem repetir o exame a cada dois anos, acima disso, todos os anos

Uma alimentação balanceada e exercícios físicos regularmente são muito importantes para prevenir a doença.

Mesmo diante de todos os cuidados e prevenções, o homem não está totalmente livre dessa e de outras doenças. Por isso é importante que se procure regularmente uma clínica especializada e com profissionais preparados como os da Vivaceespecializada em saúde masculina.

Ligue para a Vivace!  Nosso número é (21) 3199-0400

Dr. Paulo Roberto

Dr. Paulo Roberto S. de Carvalho
Urologista
CRM 52799041

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

2014 © Copyright - Vivace.Todos os direitos Reservados