Homem com um ponto de exclamação desenhado com protetor solar nas costas | Como escolher o protetor solar?
Avalie este post

O verão está aí, e as temperaturas só aumentam. Junto com todo o clima de descontração que ronda a estação mais alegre do ano, também vêm alguns problemas e incômodos, principalmente em relação à pele. Por isso, o cuidado com ela deve ser redobrado.

O principal motivo de atenção é a exposição exagerada ao sol. Claro que ninguém deve se privar de ir à praia ou à piscina, mas é necessário se proteger de forma redobrada para que o dia de lazer não se transforme numa grande dor de cabeça. Um dos meios de se precaver de problemas a curto e longo é prazo é criar o hábito de passar o protetor solar sempre que sair ao ar livre. Contudo, muitas pessoas não sabem escolher o bloqueador adequado ao seu tipo e pigmento de pele. E você, sabe? Confira a seguir!

Tipos de protetor solar

Antes de optar por este ou aquele protetor solar, é necessário que você fique atento se o produto em questão bloqueia os raios UVA e UVB, pois isso aumenta a capacidade de proteção contra as queimaduras solares e o envelhecimento precoce da pele, e ainda ajuda na prevenção do câncer de pele.

Existem protetores com diversos fatores de proteção de solar. Pela lógica, quanto mais clara for a sua pele, maior é o FPS escolhido.

Vale ressaltar que o seu tipo de pele e o tipo de atividade física que você irá praticar contam muito na hora da compra. Indivíduos com pele seca devem optar por produtos que tenham propriedades hidratantes. Já aqueles que sofrem com a oleosidade da pele devem procurar protetores que ofereçam toque seco, livres de óleos em sua composição, ou produtos indicados para quem tem acne.

Também é importante citar que existem dois tipos específicos de protetor solar. São eles:

Protetor tipo químico

São os mais comuns e tem como diferencial a absorção da radiação, transformando-a em energia boa para o organismo. A melhor maneira de usar este produto é aplicá-lo de 20 a 30 minutos antes de ir para o sol.

Protetor tipo físico

Os protetores desta categoria permanecem na superfície da pele, absorvendo e refletindo a radiação. Eles costumam deixar uma camada mais grossa logo depois de aplicados. Este tipo é indicado para quem tem algum tipo de alergia a produtos estéticos.

Existe mesmo protetor solar resistente à água?

Essa é uma dúvida que muitas pessoas têm. Primeiro de tudo, é necessário entender que o protetor solar deve possuir uma propriedade chamada fotoestabilidade, que é a capacidade que o produto tem de manter a proteção e a eficácia mesmo após a exposição solar. Quando você entra na água ou transpira muito, é comum que a fotoestabilidade vá diminuindo.

Portanto, quando o produto é resistente à água, significa que ele protege por mais tempo, mesmo em contato com a umidade. Contudo, o ideal é que você reaplique o protetor a cada 2 ou 3 horas.

Dicas importantes

  • Para homens com muitos pelos, é melhor investir em protetores em spray. Mas fique atento, pois eles precisam ser reaplicados com maior frequência.
  • Ao aplicar, espalhe bem o produto sobre a pele, garantido que nenhuma parte do corpo fique exposta sem protetor.
  • Redobre a atenção caso você tenha alguma tatuagem.
  • Use protetor labial com fator de proteção contra raios ultravioleta.
  • Sempre passar filtro solar nos pés, pescoço e orelhas.
  • Use bloqueador solar inclusive em dias nublados ou com chuva, pois há incidência de raios UVA e UVB.

Procure sua dermatologista

O verão é a época em que as pessoas mais se preocupam com a pele, mas a verdade é que você deve cuidar dela durante os 365 dias do ano. Portanto, consulte seu dermatologista regularmente. A Vivace Saúde do Homem, clínica de urologia no Rio de Janeiro, oferece essa e outras especialidades.

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

2014 © Copyright - Vivace.Todos os direitos Reservados