Homem grisalho | O que causa a ejaculação precoce?
Avalie este post

A ejaculação precoce é uma condição que afeta muitos homens de diferentes idades, comprometendo a sua autoestima e relação afetiva e sexual. Porém, esse problema tem tratamento, desde que realizado por médicos capacitados. Saiba mais sobre a ejaculação precoce, causas e tratamentos.

O que é ejaculação precoce?

A ejaculação precoce acontece quando o homem ejacula logo após a penetração e, em muitos casos, antes dela. O distúrbio é caracterizado quando há uma constante, ou seja, o episódio se repete com frequência e causa frustração no ato sexual. Em média, os homens demoram de 4 a 5 minutos para ejacular. Já os que apresentam o distúrbio, podem demorar cerca de 1 minuto.

O que causa a ejaculação precoce?

Existem diversas causas que podem influenciar a ejaculação precoce, como os fatores psicológicos e biológicos. Os principais são:

Ansiedade

Em muitos casos, os adolescentes sofrem com a ejaculação precoce por conta da ansiedade que envolve as primeiras relações sexuais, a autoafirmação e insegurança. Esses fatores desencadeiam uma série de alterações hormonais e psicológicas que influenciam no momento do ato sexual.

Problemas de relacionamento

Os problemas que acontecem no relacionamento com a parceira, ou parceiros, podem influenciar diretamente na ejaculação precoce, já que afetam o lado emocional e psicológico.

Disfunção erétil

A disfunção erétil é uma condição que impede o homem de manter uma ereção peniana para manter uma relação sexual satisfatória. Por medo de sofrer com esse problema, muitos homens acabam ejaculando antes da hora. A disfunção erétil também tem tratamento e precisa ser acompanhada por um urologista.

Estresse

Levar uma vida estressante, cansativa e repleta de instabilidade emocional pode desencadear uma possível disfunção erétil, assim como fumar e ingerir bebidas alcoólicas em excesso.

Quais os sintomas da ejaculação precoce?

O homem que sofre com ejaculação precoce percebe os sintomas logo nas primeiras ocorrências, já que se trata de um momento inesperado. A ejaculação precoce pode ser caracterizada como primária e secundária.

  • Ejaculação precoce primária: caracterizada quando acomete o paciente durante toda a vida. Envolve distúrbios emocionais e psicológicos, como sentimento de culpa em relação ao ato sexual, cobrança por parte da(o) parceira(o), ansiedade e históricos de situações traumáticas.
  • Ejaculação precoce secundária: assemelha-se ao quadro de ejaculação precoce primária, com o diferencial de que os sintomas se manifestam por algum motivo específico e não tinham acometido o paciente anteriormente.

Diagnóstico da ejaculação precoce

É preciso ficar atento na periodicidade dos sintomas, pois se o problema for recorrente, é importante procurar a ajuda de um urologista. Muitos homens convivem com a ejaculação precoce por anos por vergonha de se consultar com o médico. Porém, quanto mais cedo iniciar o tratamento, mais rápido será o resultado.

Durante a consulta com o médico é importante relatar todos os sintomas e desde quando começaram aparecer, além de tirar todas as dúvidas e se informar a respeito dos tratamentos. Para realizar o diagnóstico com precisão, o urologista poderá solicitar exames e fazer algumas perguntas sobre o histórico familiar.

Tratamento de ejaculação precoce

Como falamos anteriormente, a ejaculação precoce tem diversos tratamentos. Com o médico, você poderá escolher o que mais se adéqua a você. Os tratamentos principais são:

Medicamentos para ejaculação precoce

Existem medicamentos disponíveis no mercado que ajudam a retardar o processo de ejaculação, como o caso de antidepressivos e produtos como cremes e loções, ou camisinhas que diminuem a sensibilidade do pênis.

Controle da ejaculação

Existem algumas técnicas que auxiliam no retardamento da ejaculação e fortalecem os músculos pélvicos. A primeira delas é pausar o ato sexual quando o estímulo ficar muito intenso. Recomenda-se retirar o pênis da vagina e fazer compressão da glande (cabeça do pênis) e, então, recomeçar o ato. Outra prática comum é masturbar-se algumas horas antes de ter a relação sexual, de modo a retardar a ejaculação na hora do ato sexual.

Acompanhamento com psicólogos

Ao iniciar um procedimento com ajuda de terapeutas e psicólogos, muitos homens se sentem mais confiantes e relaxados já que o especialista é capaz de ouvir e orientar o paciente em relação a seus medos, desejos e dificuldades.

Como evitar a ejaculação precoce?

Não existe uma receita para evitar a ejaculação precoce, porém como o problema na maioria das vezes é de origem psicológica, é importante começar um tratamento com um terapeuta. Também é indicado conversar com o(a) parceiro(a) sobre a vida sexual do casal de forma franca, sem cobranças ou julgamentos, além de pedir ajuda para realizar as técnicas de retardamento da ejaculação precoce.

Cabe ao homem também manter a calma e relaxar durante a relação sexual, para evitar cobranças e ansiedade.

Procure adotar hábitos saudáveis, com uma alimentação balanceada, prática de exercícios físicos, ingestão de bastante água e evitar o consumo de alimentos industrializados, bebidas alcoólicas e cigarro.

Onde encontrar tratamento para ejaculação precoce?

Procure uma clínica que preze pela segurança, respeito e confiança. Qualquer que seja o tratamento para o seu caso, você pode contar com a Vivace

Saúde do homem, clínica de urologia no Rio de Janeiro. Nós contamos com urologistas prontos para te atender com a qualidade e discrição que você merece. Temos as seguintes especialidades na clínica: Urologia, Endocrinologia, Dermatologia e Cirurgia Plástica.

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

2014 © Copyright - Vivace.Todos os direitos Reservados