Homem negro de terno | O que é peniscopia?
Avalie este post

A peniscopia é um exame que diagnostica e identifica lesões provocadas pelo Vírus do Papiloma Humano (HPV). O urologista faz uso de uma lupa de aumento ou de um colposcópio para identificar, de forma mais assertiva, pequenos machucados na região íntima masculina. O exame também pode ser necessário em casos de herpes, candidíase e outros tipos de infecções genitais.

Quem precisa fazer o exame de peniscopia?

O exame de peniscopia é recomendado quando há suspeitas de HPV. Caso o paciente tenha parceiro fixo, é recomendado que os dois façam o exame, para detectar se houve a transferência do vírus. É importante ressaltar que, nos homens, a infecção pode existir sem que o vírus se manifeste, influenciando no resultado do exame, dando um falso negativo.

Por que realizar o exame de peniscopia?

A peniscopia é um exame extremamente importante, pois é capaz de detectar a presença de verrugas microscópicas, imperceptíveis a olho nu.

Como é feito o exame de peniscopia?

O exame é indolor, feito no próprio consultório do urologista, que aplica um tipo de ácido acético ao redor do pênis, durante alguns minutos. Esse processo é importante para provocar uma pigmentação na lesão, facilitando a observação através do peniscópio – aparelho capaz de aumentar até 40 vezes a imagem.

Caso haja a presença de verrugas suspeitas ou outra alteração na região, pode-se realizar uma biópsia para recolhimento de material, que será enviado para um laboratório. Nesses casos, é preciso investigar e identificar qual o tipo de micro-organismo presente para início do tratamento.

HPV no homem

O HPV é transmitido por meio da relação sexual, incluindo anal e sexo oral. Nem sempre apresenta sintomas nos homens, mas quando há incidência de verrugas genitais, elas podem se manifestam mais frequentemente no pênis ou no escroto. Mesmo que o homem não apresente nenhum sintoma, ainda assim, pode transmitir o vírus HPV pelo contato íntimo. Por isso, é extremamente importante o uso da camisinha em todas as relações sexuais.

HPV tem cura?

O HPV ainda não tem cura, porém, é possível controlar os sintomas com o uso de pomadas tópicas, cauterização das verrugas, crioterapia e medicamentos que fortalecem o sistema imunológico. dePara tratar verrugas muito grandes, o médico pode indicar uma pequena cirurgia. O tratamento pode durar de 8 meses a 2 anos, dependendo de cada caso.

Fazer visitas regulares ao urologista, pelo menos uma vez ao ano, é fundamental, pois assim os exames de rotina são feitos e você garante que a saúde está em dia. Caso suspeite que está com a doença, realize o tratamento precoce, e as chances de sucesso serão maiores. Na Vivace, clínica de urologia no Rio de Janeiro, você conta com urologistas especializados em realizar diversos procedimentos, bem como tirar todas as suas dúvidas. Agende uma consulta!

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

2014 © Copyright - Vivace.Todos os direitos Reservados