nefrectomia
Como é realizado o procedimento de nefrectomia
4 (80%) 1 vote

O procedimento de nefrectomia é indicado para casos de pacientes com carcinoma de célula renal, um rim não-funcional ou rim pequeno congênito. A nefrectomia também pode ser realizada no processo de doação de rim para transplante renal. O paciente diagnosticado com quadro de rim não-funcional pode sofrer de hipertensão arterial sistêmica, e no caso de pessoas que sofrem com rim pequeno congênito, o órgão apresenta inchaço causado pela pressão dos nervos, o que pode gerar no paciente uma incômoda dor nas costas.

O que é nefrectomia

A nefrectomia consiste na remoção cirúrgica do rim, e, geralmente, o procedimento é mais recomendado para o tratamento de carcinomas de células renais. Mesmo em caso de pacientes onde a doença já afetou outros órgãos, poderão apresentar melhora após a retirada do tumor renal. A realização do procedimento tem como objetivo a retirada do tumor para seu estadiamento e localização. Esses fatores indicarão ao especialista se o tumor será removido com parte do tecido renal adjacente, ou se será necessária a retirada completa do rim. A glândula suprarrenal e o tecido adiposo que fica ao redor do órgão também podem ser removidas caso estejam afetadas. O paciente não precisa se preocupar em ter um dos rins removido, já que é possível levar uma vida normal com apenas um dos órgãos, desde que o remanescente esteja saudável.

Como é feito o procedimento cirúrgico

O paciente é submetido à anestesia geral, após a qual feita uma incisão na lateral do abdômen sob o rim, e, em alguns casos específicos, o cirurgião pode optar pela linha média. Após desconectar o ureter e vasos sanguíneos, o rim é removido. Outra opção para a realização do procedimento é o método laparoscópico, em que são realizados de três a quatro cortes na região abdominal e no flanco, a lateral do abdomen.

Tipos de procedimentos renais

  • Nefrectomia Renal
  • Nefrectomia Laparoscópica
  • Nefrectomia Parcial
  • Linfadenectomia Regional
  • Remoção da Glândula Adrenal (Adrenalectomia)

Pós-operatório

Ao termino da cirurgia, o paciente é encaminhado para a sala de recuperação anestésica, onde ficará em observação sendo monitorado pela equipe de enfermagem e anestesiologista até o efeito da anestesia passar. Em média, esse período pode durar entre 15 e 120 minutos podendo ser prolongado de acordo com as necessidades do paciente.

Restrições pós-cirurgia

Os pacientes que vão cumprir pós-operatório fora do hospital devem seguir à risca as orientações médicas, evitando alimentos gordurosos, frituras, condimentos e bebidas gasosas. Para uma rápida recuperação, também será necessário cumprir a risca o período de repouso, sem carregar peso, correr e praticar atividade sexual. O cuidado com os curativos também é muito importante uma boa recuperação e cicatrização dos cortes.

Clínica de urologia no Centro do Rio de Janeiro

Nós da Vivace Saúde do Homem contamos com especialistas em diversos tratamentos visando o completo bem estar do homem. Somos uma clínica referência no tratamento de cálculo renal , doença que quando não tratada de maneira adequada, pode levar a perda das funções renais. Estamos no Centro do Rio de Janeiro, venha, será uma satisfação receber você para uma conversa.

Ligue para a Vivace! Nosso número é (21) 3199-0400

Dr. Paulo Roberto

Dr. Paulo Roberto S. de Carvalho
Urologista
CRM 52799041

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

2014 © Copyright - Vivace.Todos os direitos Reservados