uma-vida-sexual-infeliz-pode-causar-problemas-psicologicos-aos-individuos
Avalie este post

 

Com a correria do dia a dia e com todas as responsabilidades, problemas no trabalho e outros fatores, falta tempo para olhar com mais cuidado para a vida sexual e, na maioria das vezes, isso é deixado em segundo plano. No entanto, o sexo também é muito importante para todos os indivíduos e faz parte da natureza do ser humano, por isso não deveria ser negligenciado. Segundo uma pesquisa realizada por uma marca de preservativos, em 2014, 51% dos homens e 56% das mulheres estão insatisfeitos com sua vida sexual.

Não há nenhuma pesquisa que comprove que a insatisfação sexual pode causar algum tipo de transtorno psicológico, então, por enquanto, isso é um mito. Mas a frustração de não ter os desejos atendidos de forma satisfatória é real e pode atrapalhar a vida de alguns indivíduos, causando estresse, mau humor e irritações.

Problemas psicológicos atrapalham a vida sexual

Se um indivíduo já possui algum transtorno psicológico ou psiquiátrico, a tendência é que isso se reflita no sexo também. Por exemplo, a pessoa que possui depressão e ansiedade provavelmente terá a libido muito baixa e/ou a disposição limitada para o sexo.

Maiores dificuldades

No sexo, as necessidades de homens e mulheres são diferentes e suas dificuldades também. Segundo estudo feito por psicólogos e psiquiatras da USP, em 2014, cerca de um terço das mulheres nunca atingiu o orgasmo, enquanto mais da metade reclama da falta de libido. Nos homens, problemas como ejaculação precoce atingem mais de 25% e a dificuldade de ereção faz parte da vida de 30% a 45% dos entrevistados, dependendo da faixa etária.

Como melhorar?

Todos esses problemas têm tratamento e cura, mas o sexo ainda é considerado tabu pela sociedade e muitos têm vergonha de procurar ajuda. Ainda de acordo com a pesquisa da marca de preservativos, 60% dos indivíduos se sentem constrangidos em admitir os problemas sexuais, principalmente enquanto jovens.

Busque tratamento

É importante reconhecer o problema e tratá-lo de forma adequada. No caso das mulheres, há diversos ginecologistas e psicólogos que podem ajudar no tratamento da falta de libido. Vale lembrar que é fundamental conhecer o próprio corpo e saber o que te dá prazer.

O tratamento para os homens também é simples, basta vencer o constrangimento e dar o primeiro passo logo nos sinais iniciais. A Vivace, clínica urológica no Rio de Janeiro, é especializada em ejaculação precoce e problemas de ereção, além de oferecer diversos serviços. Não deixe a sua saúde sexual em segundo plano, verifique o melhor horário e agende sua consulta!

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

2014 © Copyright - Vivace.Todos os direitos Reservados